Visite nossa galeria de fotos! E fique por dentro de tudo que rola na Oficina de Produção Textual: Tecendo Argumentos[...]

Esquema da Sequência Didática da Oficina: Tecendo argumentos [...]

Página reservada para as publicações dos artigos de opinião a serem produzidos pelos alunos.[...]

DEIXE SEU RECADO AQUI! Perguntas, dúvidas, críticas, não deixe de expressar sua opinião visite nosso bate papo![...]

Galeria de fotos da Oficina: Tecendo Argumentos Sequência didática Artigos de opinião Deixe seu recado!

Será que é hora de falar sobre política?

     Qual será a hora certa para falar de política? Será que é quando aproxima-se o mês de outubro? (Mas é assim mesmo? Tem que ser só de quatro em quatro ano?) Parece-me que é nessa época  que "todo mundo vira craque no assunto".  Por essa razão o twitter está "bombando" de  Tweets, no orkut tem campanha com foto de candidato, números e promessas, no subnik do msn de alguns amigos leio certas irônias políticas e até provocações.
     Não tem como deixar de falar no assunto. Sinto que os animos estão "a flor da pele". Mas o que é mesmo política? Segundo artigo publicado no Jornal Mundo Jovem em maio deste ano "Nove entre dez jovens consideram a política uma atividade para espertalhões que ganham uma fortuna para enganar o povo."  Essse jovens não deixam de ter razão.  Não é verdade? São raros as exceções daqueles que buscam seriamente propiciar progresso ao país em nome da coletividade. Política tem virado isso mesmo, sinônimo de politicagem (e sabemos que os fatos não são recentes). Costumo debater pouco sobre políticagem. Mas gosto de política, no sentido real da palavra, quero dizer. Porque acho impossivel viver sem ela. Para mim até no momento que escolho a roupa para ir a padaria comprar meu pão da manhã estou fazendo política, estou tomando decisão, fazendo virar a economia e dependendo da maneira trago o pão para casa estou sendo ecologicamente correta ou não. E por mais simples que isso possa parecer, mediante a toda essa simplicidade estou interferindo na vida das pessoas.
   A questão é que as pessoas têm se desiludido com a política, melhor com a políticagem que virou  os cargos públicos, e a  reação normal de quem tem essa visão negativa da política é ficar fora dela. Ir votar já é um  sacrificio de bom tamanho para essas pessoas. Se já foram lá e apertaram o botão verde da urna, pronto! Fizeram a parte delas. 
  Às vezes fico prestando atenção nos críterios para eleger seus candidatos  usados por algumas dessas pessoas( que não gostam de política). Outro dia uma comentou perto de mim: - "Vou votar em fulano só porque ele nunca foi eleito. Pra ver se faz alguma coisa, né? Se não prestar também não voto mais nele" Virou o jogo da moeda? É como se decidir o futuro de um país fosse só uma questão de sorte. Já pensou se todos passassem a compartilhar  desse mesmo pensamento? Será que quem tem esse tipo de pensamento acredita realmente que os políticos ficam lá no cantinho deles e isso não interfere na sua vida e na vida de milhares de pessoas?  O Estado interferem em todas as suas (nossas) decisões. É ele quem determina quanto vai custar o pão que você (nós) compra(mos) pela manhã. E que elege o  Estado?
    Consoante afirmações do artigo mencionado "não é exato que você tenha uma liberdade absoluta de pensar. Você pensa com a informação que chega ao seu cérebro. Ora, é o Estado que controla - às vezes abertamente, às vezes indiretamente - toda a informação que chega até você. "   A política é uma atividade complicada e  participaticá-la exige conhecimento do assunto, pois o primeiro passo é opiniar a respeito é entender como ela funciona. Vale a ressalva de que politica não é resultado de uma pessoa, mas de várias delas. 
     Uma dica para não deixar se envolver com informações falsas e desenvolver um critério inteligentemente participativo no processo político é, segundo Plínio Arruda Sampaio , autor do artigo Por que participar da política? publicado no Jornal  Mundo Jovem  "formar um grupo para ampliar as fontes de informação e para dispor de opiniões diversas a respeito do significado das informações recebidas."



Divulgue esse post

Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

0 comentários:

Postar um comentário

.
Tire sua dúvida:
.
.

'Ele entendida das coisas!

'Ele entendida das coisas!
"O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é CORAGEM..(Guimarães Rosa)
.
.

'Outros caminhos... outras histórias...

' Filmes

Loading...